Início / Cultura / Centro Cultural Banco do Brasil apresenta programação digital em celebração aos 61 anos de Brasília

Centro Cultural Banco do Brasil apresenta programação digital em celebração aos 61 anos de Brasília

E m 21 de abril de 2021 , Brasília celebra mais um ano de sua história e o Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília preparou u ma programação especial para os brasilienses curtirem o feriado sem sair de casa. O público da capital poderá conferir duas visitas mediadas online com o CCBB Educativo e uma sessão online do espetáculo musical “A Hora da Estrela ou o Canto de Macabéa”, al ém de conhecer os novos sons da cidade com a playlist “Brasília 61 anos”, disponível no Spotify. Para os que preferem aproveitar a natureza e o ar livre, os jardins do espaço estarão abertos para visitação de 10h às 19h, mediante agendamento prévio. O “Capital Bistrô” e a “Loja Mão Brasileira” também funcionarão durante o feriado, com atendimento ao público de 10h às 19h.

Há mais de 20 anos presente na capital, o CCBB Brasília integra o patrimônio artístico e cultural da cidade. Localizado em edifício projetado por Oscar Niemey er, além de possuir obras de diversos nomes da arte e arquitetura ligados a capital , como Alda Rabello Cunha, Marianne Peretti e Darlan Rosa , o centro cultural já apresentou diversos artistas consagrados e iniciantes da capital federal , ao lado de grandes nomes da arte nacional e internacional.

Este legado cultural da cidade e a participação do centro cultural nesta história já está sendo relembrada e celebrada ao longo do mês nas redes sociais do CCBB Brasília.

Programação online para curtir o feriado

No dia 21 de abril, às 12h e às 18h , o CCBB Educativo promoverá duas visitas mediadas online em que abordará o rico patrimônio material, imaterial, natural e artístico de Brasília, englobando o próprio CCBB Brasília, parte integrante e pulsante desse patrimônio. O debate não apenas desvendará o mapa da capit al, com as maravilhas resultantes do talento de tantos artistas como Oscar Niemeyer, Athos Bulcão e Lúcio Costa, como mergulhará nas profundezas do Lago Paranoá em busca de uma vila submersa. Também aspectos socioculturais do Distrito Federal, incluindo aq uela que não costuma ser apresentada como cartão postal, serão abordados no encontro realizado digitalmente. A visita tem duração de 1h e é indicada para pessoas acima de 10 anos . As inscrições gratuitas podem ser realizadas por meio do site www.ccbbeducativo.com.

Já a noite, às 19h , o público brasiliense poderá conferir um grande musical brasileiro sem sair de casa: “ A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa”, estrelada por Laila Garin, será transmitida gratuitamente pelo canal do Banco do Brasil no Youtube.

No ano do centenário de Clarice Lispector (1920 – 1977), uma de suas obras mais emblemáticas ganhou uma versão musical para os palcos, absolutamente origin al. Após estrear no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro em março, “ A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa ” teve a sua temporada interrompida pela pandemia do novo coronavírus. Neste feriado, o CCBB Brasília exibirá uma versão do espetáculo e special para as telas.

O espetáculo tem adaptação e direção de André Paes Leme , canções especialmente compostas por Chico César e direção musical e arranjos de Marcelo Caldi . Laila Garin é Macabéa, a mítica protagonista do aclamado romance, ao lado de Claudia Ventura e Claudio Gabriel , que completam o elenco.

A idealização e produção do projeto é de Andréa Alves , da Sarau Agência , responsável por espetáculos como “ Elza ” , “ Suassuna – O Auto do Reino do Sol ” , “ Sísifo ” e “ Macunaíma ” . O projeto é apres entado pela BB Seguros e patrocinado pelo Banco do Brasil, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A realização é da Ágapa Criação e Produção Cultural

“ O romance veio para a minha estante através da minha professora, que por coincidência se chama va Laila. Ainda no percurso de ‘ Gota D’Água [a seco]’, tive a ideia de propor o projeto para a Laila Garin protagonizar, com a direção do André , que é meu parceiro teatral há 30 anos, e as músicas do Chico César , que tinha feito as músicas do Suassuna. Essa rede afetiva e a descoberta do centenário foram os motivos perfeitos para dar mais potência ao projeto ” , explica Andréa

Trilha sonora para celebrar Brasília

Brasília 61 apresenta 61 artistas da produção musical brasiliense mais recente Disponível em https://open.spotify.com/playlist/0UIWoX0aizO8YjaKT0R3FQ?si=CAcT3vt5SfKhe8GCAc Va_A

Em comemoração ao aniversário de Brasília, o Centro Cultural Banco do Brasil preparou uma playlist especial com a produção musical mais recente da capital federal. A playlist , disponível no perfil do Banco do Brasil no Spotify , apresenta 61 novos artistas que mostram as maiores característica s da música pro duzida em Brasília : a variedade e a diversidade

Confira as normas de visitação e segurança referentes ao COVID – 19 no site bb.com.br/cultura e na emissão do ingresso.

Assessoria de imprensa: ccbbdf@bb.com.br

Telefone do CCBB Brasília: (61) 3108 – 7600

Sobre paulobsbdetodos

Também confira

Diálogo sobre a preservação do Meio Ambiente é necessário em casa e nas escolas

Rosa Maria Bressaglia* O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no último sábado (5), tem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *