Início / Cultura / Brasília ganha uma nova galeria de arte

Brasília ganha uma nova galeria de arte

Cerrado Galeria evidencia a relevância da produção artística do Distrito Federal e Centro-Oeste

Foto: Jean Peixoto

Cerrado. O nome nos remete à originalidade e grande riqueza, característicos do Centro-Oeste, e se articula com um dos principais propósitos da nova galeria: ampliar a visibilidade da produção artística da região. A Cerrado Galeria é resultado da união entre três galeristas, Antônio Almeida, Carlos Dale e Lúcio Albuquerque, que, há mais de três décadas atuam no mercado de arte nacional e internacional. Localizada no Lago Sul, em breve, mudará para um espaço de mais de 6.000 metros quadrados.

A atenção à produção artística do país está voltada, principalmente, para o Sudeste e a Cerrado Galeria manifesta a aspiração de seus fundadores – um baiano, um paulista e um mineiro – de ampliar esse olhar para incluir e valorizar obras produzidas no Centro-Oeste. Além disso, ser lugar que promove diálogos entre a produção e pesquisa dos artistas regionais com outras regiões do país e fora dele, enriquecendo o cenário artístico local ao mesmo tempo que amplifica a sua presença e influencia em âmbito nacional e internacional.

A percepção do crescente interesse e demanda por conteúdo de qualidade no campo das artes visuais, na região, foi o ponto de partida para a iniciativa de Antônio, Carlos e Lúcio. Idealizador do embrião desse projeto, Lúcio une a formação em Economia ao conhecimento em arte, seguimento em que atua desde 1988, e no qual gradualmente expandiu sua atuação em parceria com instituições e agentes, entre eles, Antônio e Carlos.

Desde 2014, atento à Brasília, seis anos depois, inaugurou a Casa Albuquerque Galeria de Arte, que mais tarde viria a se tornar a Cerrado Galeria. Mostras relevantes, como a primeira individual de Di Cavalcanti na cidade e a aclamada Burle Marx: Botânico Pictórico, que atraiu centenas de visitantes, foram realizadas em parceria com a Almeida & Dale – galeria fundada por Antônio e Carlos na década de 1990 em São Paulo – e marcaram a aproximação efetiva do trio, além do interesse comum em atender ao público da capital federal.

Essas experiências fizeram crescer o entusiasmo dos sócios pelo Centro-Oeste e os levou a inaugurar em Goiânia a Cerrado Galeria, instalada em emblemático imóvel modernista no centro da cidade, que abriu suas portas com mostra retrospectiva de Siron Franco em maio de 2023.

Agora, a união dos galeristas se fortalece, bem como o vínculo com Brasília, em espaço expositivo que será inaugurado no Lago Sul, ainda este ano. A estrutura física de mais de 1.600 metros quadrados, em um terreno de mais de 6.700 metros quadrados, permitirá a realização de projetos simultâneos de escalas distintas e ações de caráter educativo, aproximando-se do público e contribuindo ainda mais para o cenário cultural da cidade. O escritório brasiliense Debaixo do Bloco assina o projeto, que traduz muito bem as novas necessidades da Cerrado Galeria.

Serviço

Cerrado Galeria

SHIS QI 05 bloco C – Comércio Local, Lago Sul – Brasília/DF

(61) 99985-1030

@cerrado.galeria

[email protected]

Sobre paulobsbdetodos

Também confira

Museu de Arte de Brasília recebe a exposição ‘DŌ: a caminho da virtude’ da Japan House São Paulo

                Pela primeira vez, a Japan House São Paulo     – instituição sediada em São Paulo e …