Início / Educação / Estudantes e voluntários realizam plantio com mais de 1000 mudas de espécies do cerrado

Estudantes e voluntários realizam plantio com mais de 1000 mudas de espécies do cerrado

O objetivo é a recuperação de nascentes que integram o Cachoeirinha que faz parte da bacia do Rio São Bartolomeu, próxima a São Sebastião, no Distrito Federal; a ação contou com estudantes da rede pública e voluntários da sociedade civil

Foto de Loba Makua

Cerca de 200 voluntários, incluindo alunos da rede pública, se reuniram para participar da plantação de mais de mil mudas de árvores tipicamente brasileiras e do Cerrado, no núcleo rural Aguilhada/Nova Betânia, próximo a São Sebastião/DF. A iniciativa faz parte da Jornada Sustentável que integra o projeto Água Corrente, uma iniciativa do Grupo Com Atitude em parceria com  Instituto Limpa Brasil e Malala Filmes, que também fazem parte do grupo. A Secretaria da agricultura, Associação de Moradores do Pinheiral, Permacultores Aguilhada São Sebastião e o Instituto Ecos do Cerrado, são algumas das organizações que apoiam a ação que tem como objetivo a manutenção e preservação das nascentes locais.

A ação social e ambiental que ocorreu nesta quinta-feira (15), às 8h,  teve o apoio do Instituto Sabin de Sustentabilidade. Os estudantes da os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I da Escola Classe Aguilhada, tiveram oportunidade de colocar a mão na massa, ou melhor, na terra, plantando as mudas nos chamados “berços” – buracos para as mudas previamente preparados. Jatobás e Paus-Brasil, além de outras pertencentes à flora do Cerrado, como o ipês, umburana, peroba, cagaita, aroeira pimenteira, jenipapo, copaíba, estavam entre as espécies plantadas. 

A ação tem como objetivo contribuir com a recuperação das nascentes e da vegetação nativa da região da Aguilhada e Nova Betânia, que integra a bacia do Rio São Bartolomeu no Distrito Federal, além da na educação ambiental dos futuros cidadãos, especialmente alunos das escolas públicas de Brasília. A bacia abriga várias nascentes e quatro córregos dos quais três nascem nessa região – o Quilombo, Gamelas e Aguilhada. O projeto Água Corrente ocorreu próximo ao Ribeirão Cachoeirinha. 

Marta Rocha, fundadora do Instituto Limpa Brasil e também moradora da região, destacou que a importância da ação. “É uma oportunidade das crianças viverem uma experiência com a sustentabilidade na prática. Quando levamos uma criança a plantar uma árvore da vida e quando conscientizamos com a questão do lixo, eu diria que estamos formando um cidadão com a educação para a sustentabilidade e aprendendo a cuidar da natureza no presente para o futuro”, afirmou Marta. 

A programação contou ainda com atividades lúdicas para as crianças, que foram recebidas com um farto café da manhã.  Durante a ação, houve também um espaço de coleta de lixo e materiais recicláveis para destinação adequada para cooperativas. “Essa é uma iniciativa importante que contribui para o despertar da consciência da sociedade com relação ao descarte incorreto do lixo e plantio de árvores  em áreas degradadas com objetivo prático recuperar minas e nascentes”, comenta Marta Rocha, fundadora do Limpa Brasil. 

O diretor da Escola Classe Aguilhada, Claudio Fernandes Pimenta, também ressaltou a importância da ação para a conscientização dos alunos. “Parcerias  como estas são fundamentais para as crianças colocarem a mão na massa e viverem esse contato com o meio ambiente. É uma atividade lúdica onde as crianças se divertem e aprendem ao mesmo tempo, afirmou Claudio. 

Maria Alice, gerente de sustentabilidade da gestão ambiental do Grupo Sabin, parceiro do projeto, destacou a importância do engajamento do setor privado com ações que impactam o meio ambiente. “Todas as empresas precisam pensar em contribuir para o meio ambiente. Queremos inspirar outras pessoas também a repensarem, fazerem a sua parte, pensando nas futuras gerações, porque são as próprias crianças que vão colher isso no futuro”, acrescentou.

O projeto terá continuidade em 2023, com a expectativa do plantio de outras 10 mil árvores pelo Brasil, começando por Brasília e estendendo ações para São Paulo, com outras mil mudas.

Serviço:

Informações: Instagram.com/comatitudegrupo 

Sobre paulobsbdetodos

Também confira

Cia Néia e Nando apresenta O Natal das Três Porquinhas 

Espetáculo será realizado nos dias 09 e 10/12, às 16h, no Teatro Brasília Shopping; ingressos …